Manifesto Porta na Cara

Sim, eu sei que os seguranças de portas giratórias de bancos não travam as portas somente para negros. Já vi pessoas brancas, inclusive algumas mulheres, gastando um tempão pra provar que não tinham nenhuma arma na bolsa ou na cintura.

A questão é que sabemos que aquele detector de metais é muito mais uma desculpa para os seguranças fazerem o controle da forma como julgam apropriada do que qualquer outra coisa. O que trava, mesmo, é aquele controlezinho que eles carregam. Comigo é rotineiro, sem qualquer exagero, passar por aquela porra sem metal nenhum na mochila (já deixei até estojo naquela caixinha ao lado por causa de lapiseira) e me travarem. Ou seja: o que volta e meia detectam em mim é um meliante em potencial, porque por várias vezes não havia qualquer metal a ser detectado. Se eu não tinha metal, por que ‘a porta’ travou? E, se eu tenho metal, por que logo em seguida ‘a porta’ destrava?

E nessa de o crivo da segurança passar pelos olhos dos seguranças, é claro que o indivíduo negro leva a pior. Assim como leva a pior com a polícia, com emprego etc.

Eu nunca cheguei a ter de tirar a camisa, possivelmente porque sou um negro de pele mais clara, mas já ouvi/li várias histórias de pessoas que tiveram de chegar a esse ponto constrangedor, inadmissível.

Ora, Rafael! Quer dizer então que você acha que tem que tirar as portas giratórias de segurança e deixar qualquer um entrar, como se não houvesse risco de assaltos, sequestros, assassinatos?

Não, de forma alguma. Minha questão aqui é só mostrar mais uma das muitas formas e espaços em que a discriminação torna-se uma ação concreta e prejudica as pessoas negras. E, por isso mesmo, não assinei também o manifesto, que me parece vazio, vago. É claro que eu quero segurança nos bancos.

Mas, se você quiser assinar o manifesto, vá lá!

Anúncios

6 Responses to “Manifesto Porta na Cara”


  1. 1 Rafael Abreu 17/11/2009 às 17:25

    Não lembro aonde ouvi/li isso, mas uma vez me disseram que essas portas não detectam metal, mas taxas elevadas de melanina…
    .
    .
    .
    Viu a discussão breve no LLL sobre preconceito contra classe média? Tem gente que leva isso a sério, impressionante.

    Abração

    Ps: essa campanha do mengão tá pedindo uma cervejinha. estarei no maraca domingo

  2. 2 Rafael Cesar 18/11/2009 às 08:14

    Querido, não consegui comprar ingresso. E cambista vai meter a mão legal. Mas a cervejinha tá de pé! Aliás, se o Flamengo ganhar esse campeonato, a Ambev vai ter que reforçar os estoques, e possivelmente será ela que vai segurar o PIB do Brasil durante uma semana em que 35 milhões de pessoas vão parar de trabalhar!

    Vi a discussão no LLL, mas abandonei. Tem muita tosqueira ali, cara. Pelo amor de Deus. E o pior é que volta e meia o Alex responde, né? Como pode?


  1. 1 Global Voices Online » Brazil: Do banks have metal or melanin detector doors? Trackback em 19/11/2009 às 18:38
  2. 2 Brazil: Do banks have metal or melanin detector doors? :: Elites TV Trackback em 19/11/2009 às 21:30
  3. 3 Global Voices in Swahili » Brazil: Je, Milango ya Benki Hubaini vyuma au Rangi za Watu? Trackback em 24/11/2009 às 09:35
  4. 4 Brazil: Do banks have metal or melanin detector doors? | Vybes.com - Tech News, Reviews, Business, Health News and More Trackback em 26/11/2009 às 16:50

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




oquê, caboco!

quando chegar a um milhão, eu fecho o blog.

  • 43,567

escreva seu e-mail no campo abaixo

Junte-se a 8 outros seguidores

quer falar comigo, ném?

meu jazz @ gmail . com

———————————————-


%d blogueiros gostam disto: